Paulino não vê garantias de Lira na chapa Lucélio e diz: 'MDB pode recebê-lo de volta'

Fato a Fato O  ex-governador Roberto Paulino, em entrevista à Tv Mídia, disse que teme pela a permanência de Raimundo Lira como pré-c...

Fato a Fato

O ex-governador Roberto Paulino, em entrevista à Tv Mídia, disse que teme pela a permanência de Raimundo Lira como pré-candidato a reeleição no grupo de Cássio Cunha Lima (PSDB), principalmente depois das declarações da vereadora pessoense Eliza Virgínia (PP), dizendo que o senador (ex-MDB) poderia ser “rifado” da chapa de Lucélio Cartaxo (PV).

"Se a vereadora, filiada ao PP e pertencente ao grupo do prefeito Luciano Cartaxo (PV) deu aquelas declarações, é por que alguém, do alto escalão a que ela faz parte, pode ter “buzinado” ao seu ouvido e dado ordem para a mesma emitir tal opinião a respeito do senador Lira", afirmou Paulino.

Segundo o vice-presidente estadual do MDB, o PP, mesmo partido de Eliza Virgínia, tem interesse na vaga de senador do grupo de Cássio Cunha Lima e também trabalha para uma possível aliança com José Maranhão, portanto, as declarações da vereadora pessoense podem ter sentido.

Prevendo uma possível substituição de Raimundo Lira na chapa encabeçada por Lucélio Cartaxo, o ex-governador Roberto Paulino disse que, caso isso venha acontecer, o MDB o receberá de volta com todas as honras. “Teremos o prazer em tê-lo de volta. Não como general como era antes em nosso partido. Agora ele virá como soldado”, disse RP. 

"Se ele estivesse conosco, não estaria enfrentando tudo isso. Estou pressentindo que querem tirá-lo da chapa, sobretudo depois que Eliza Virgínia, pré-candidata a deputada federal pelo PP, declarou que Lira pode ter o nome “rifado” da majoritária do grupo de Cássio Cunha Lima (PSDB)", disse Paulino.

O ex-governador foi o entrevistado do programa Notícias da Tarde (Tv Mídia), apresentado pela jornalista Michele Marques, na sexta-feira, dia 11 de maio.

***
#Política

Você pode gostar também

0 comentários