Pré-candidato João Azevedo sugere que vice-governadora saia de cima do muro

Click PB O pré-candidato do governo à sucessão estadual, João Azevedo (PSB), disse que o Governo só tem um pré-candidato a governador, ...

Click PB
O pré-candidato do governo à sucessão estadual, João Azevedo (PSB), disse que o Governo só tem um pré-candidato a governador, sendo o seu nome o escolhido nas reuniões internas do PSB, que governa desde 2011. A declaração se contrapõe à pretensão da vice-governadora Lígia Feliciano (PDT) de concorrer a governadora usando o nome do Governo.
“O fato da doutora Lígia, vice-governadora, se apresentar como candidata do governo é um equívoco”, disse, acrescentando que Lígia tem que dizer a sua posição e qual caminho o PDT vai escolher. “Se vai ficar na base do Governo ou se vai para a oposição. É importante que ela tome um lado, escolha um lado e efetivamente anuncie, o que não pode é ficar em cima do muro”, disse João Azevedo, durante entrevista ao Correio Debate nesta segunda-feira.
João disse que, dentro da autonomia partidária, Lígia Feliciano tem todo o direito de ser candidata, mas a pré-candidatura do Governo é a dele.
João Azevedo entende que a manutenção do PDT na aliança não é impossível, já que as arestas teriam sido criadas pelo presidente nacional do PDT. “Eu acho que tudo é possível em política, até porque quem colocou que teria sido uma posição deselegante do governador foi o próprio presidente do partido dela, não foi o PSB nem foi o governador”, disse João.
***
#Política

Você pode gostar também

0 comentários