Crise da UEPB: Dívida do Governo por redução de repasses já passa de R$ 100 milhões

Blog do Helder Moura Foi uma conversa rápida, em pleno Parque do Povo, mas suficiente para constatar o constrangimento do reitor Rangel...

Rangel junior
Blog do Helder Moura
Foi uma conversa rápida, em pleno Parque do Povo, mas suficiente para constatar o constrangimento do reitor Rangel Júnior, ao referir-se às recentes medidas que se viu obrigado a adotar, para enfrentar a crise porque passa a UEPB, em função da redução dos repasses por parte do Governo do Estado: “Não tivemos outra saída. Mas, o certo é que não vamos permitir o fechamento de qualquer campus.”
Dentre as medidas, consta o adiamento do início ano letivo, por mais seis meses. Um transtorno considerável para alunos e professores. E, conforme levantamento recente, o Governo do Estado já teria uma dívida, por redução de repasses, da ordem de R$ 100 milhões. Um déficit que garroteou o orçamento da Instituição, que foi obrigada a suspender vários de seus programas acadêmicos.
Rangel revelou ainda ter esperanças de que o Tribunal de Justiça julgue a ação que pede o repasse integral dos valores orçamentários da Instituição: “O julgamento deveria ter ocorrido na semana passada, mas foi adiado. Temos esperanças que a Justiça possa reparar o equívoco do Governo (Ricardo Coutinho), e determine o repasse integral.”
***
#Política

Você pode gostar também

0 comentários