Bateu, levou: Maranhão desmente Azevedo e RC: 'Prometia resolver o problema da violência em 6 meses e já se passaram 8 anos'

Blog do Helder Moura O senador Zé Maranhão não é de confronto. Seu estilo sempre foi moderado. Mas, pelo visto, pegou ar com as declara...

Maranhão
Blog do Helder Moura
O senador Zé Maranhão não é de confronto. Seu estilo sempre foi moderado. Mas, pelo visto, pegou ar com as declarações do pré-candidato João Azevedo. Segundo Azevedo, quando Ricardo Coutinho assumiu, em 2011, “nem munição tinha para os policiais”. Afirmou ainda que encontrou o Estado quebrado e que as obras anunciadas pelo Governo de Maranhão eram apenas ficção.
João foi até grosseiro, quando afirmou, durante debate na OAB, e, certamente foi o que mais irritou o senador: “Na gestão passada na verdade existia o trator cisca, cisca. Colocavam máquinas em um local, ciscavam, e depois saiam, sem fazer obra nenhuma.” O detalhe é que João, com certeza, não teria disparado contra Maranhão, sem o aval e talvez até o estímulo do governador.
Bateu, levou. Maranhão revidou o ataque girassol: “Na minha gestão não tinha essa história de trator cisca, cisca. Não abandonava nenhuma obra.  Mas, o povo da Paraíba não é bobo, tem memória e sabe reconhecer minhas ações. Uma prova disso foi minha vitória para o Senado. Agora, quase oito anos depois e o atual Governo ainda não resolveu o problema da violência, que prometeu resolver em seis meses.”
O senador aproveitou a deixa para também acusar o governo Ricardo de inaugurar obras deixadas pela sua gestão, a exemplo do Hospital de Trauma de Campina Grande: “Deixamos o hospital equipado e inaugurado. E, aliás, deixamos mais de R$ 2 bilhões em caixa para a construção de estradas, e do Canal de Araçagi, que nem concluído está.”
VÍDEO DO GOVERNADOR PROMETENDO ACABAR COM A VIOLÊNCIA EM SEIS MESES…

***
#Política

Você pode gostar também

0 comentários