Entidades da Polícia Militar repudiam MP da Bolsa Desempenho: 'Jogada do governador que só atende quem morre ou fica incapacitado'

Blog do Helder Moura No último dia 4, após uma determinação da Justiça, o governador Ricardo Coutinho foi obrigado a editar Medida Prov...

Clube dos Oficiais e dos Inativos
Blog do Helder Moura
No último dia 4, após uma determinação da Justiça, o governador Ricardo Coutinho foi obrigado a editar Medida Provisória (MP 271), para implantar a chamada Bolsa Desempenho nos vencimentos de inativos da Polícia Militar. Mas, segundo nota do Clube dos Oficiais e da Associação dos Inativos da PM, foi “mais uma jogada” do governador, em ano eleitoral.
Na verdade, conforme o coronel Francisco, presidente do COPM, a MP 271 estende a Bolsa Desempenho, mas “apenas para aqueles militares que vierem a morrer ou se incapacitar definitivamente ao exercício do serviço, e não é o que diz a decisão da Justiça, que manda estender a Bolsa para todos os ativos, inativos e pensionistas, determinação que o governo não vem cumprindo”.
Diz ainda a nota: “O governador RC com a citada MP se utiliza de mais uma de suas manobras politiqueiras, pratica comum em seus atos administrativos, e continua sem cumprir a decisão judicial, e principalmente continua sem honrar uma proposta da sua campanha para reeleição ao Governo do Estado em 2014, tendo o candidato Ricardo Coutinho afirmado com todas as palavras e letras que se eleito pagaria a bolsa desempenho aos inativos e pensionistas. Os militares na época confiando na palavra do seu governador votaram nele, infelizmente até agora não cumpre a promessa e pior ainda não cumpre a decisão judicial.
As entidades de classe têm se manifestado de todas as formas possíveis para esclarecer a população a realidade vivida pelo Militares Inativos e sua consequência no vertiginoso índice de violência de nosso Estado na Gestão do atual Governo, que e têm se mostrado um Governante que   impõe seu respeito pelo medo, com perseguições aos que opinam em defender sua categoria e consequentemente a sociedade.
As Entidades subscritas sentiram-se na obrigação de emitir a presente Nota a fim de restabelecer a verdade e sempre continuará vigilante a todos os atos dos Poderes Constituídos que visem distorcer a realidade dos fatos e com isso confundir os militares e a sociedade paraibana e ainda estender nossos policiais militares.
Por fim, repudiar atitude do deputado Trócolli Júnior como idealizador dessa MP que distorce a verdade, humilha os reformados doentes e só prejudica os policias militares reformados e as pensionistas.”

***
#Política

Você pode gostar também

0 comentários