Número de motoristas autuados por embriaguez aumenta 56%, em Junho na Paraíba

De acordo com o balanço mensal, foram realizados 1.669 testes de bafômetro, que resultaram na apreensão de 90 carteiras de habilitação (CN...

De acordo com o balanço mensal, foram realizados 1.669 testes de bafômetro, que resultaram na apreensão de 90 carteiras de habilitação (CNHs) (Foto: Reprodução)

Click PB
A Operação Lei Seca, notificou 105 motoristas por dirigir sob efeito de álcool, durante o mês de junho. Quase 70 motoristas foram autuados por embriaguez no mês de maio. Na comparação de autuações de maio a junho o aumento foi de 56,7%. Os dados do mês de junho correspondem a mais de dois condutores autuados por dia por embriaguez ao volante.
Os dados são do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB), divulgados nesta terça-feira (3) pelo major Edmilson Castro, chefe da Divisão de Policiamento e Fiscalização do órgão.
De acordo com o balanço mensal, foram realizados 1.669 testes de bafômetro, que resultaram na apreensão de 90 carteiras de habilitação (CNHs) e na remoção de 38 veículos aos pátios do órgão. A operação ainda autuou, em flagrante, 107 condutores pela prática de outras infrações ao Código de Trânsito Brasileiro (CTB).
A Operação Lei Seca foi intensificada durante todo o mês de junho, em função dos grandes eventos juninos, em especial nas cidades de maior fluxo de usuários, a exemplo de João Pessoa, Campina Grande e Patos.
O órgão prevê que os condutores de veículos flagrados sob efeito de álcool estão sujeitos à multa no valor de R$ 2.934,70, além de responder a processo administrativo de cassação da CNH por um ano.
Em caso de reincidência, será cobrado o dobro do valor da multa e o condutor responderá pela cassação da CNH pelo período de dois anos.
***
#Sociedade

Você pode gostar também

0 comentários