PTC estadual deve romper com Cartaxo e anunciar apoio a Maranhão e Paulino

Fato a Fato Uma reunião da executiva estadual do PTC, realizada na tarde desta sexta-feira (13), apontou para uma racha no partido. ...


Fato a Fato

Uma reunião da executiva estadual do PTC, realizada na tarde desta sexta-feira (13), apontou para uma racha no partido. Parte da legenda quer assumir, publicamente, apoio a Zé Maranhão e Roberto Paulino e outro segmento defende a permanência com Lucélio Cartaxo (PV).

O presidente estadual do PTC, Fábio Lins, disse, com exclusividade para Fato a Fato que, mesmo não estando tendo a reciprocidade merecida da parte do candidato a governador pelo PV, defende a permanência da aliança com o grupo politico do prefeito de João Pessoa.

Já o secretário geral do partido, Vitor Alberto, afirmou que trabalha para abrir diálogo com o MDB e anunciar adesão ao candidato a governador Zé Maranhão e Roberto Paulino, esse último postulante a uma das duas vagas da Paraíba ao Senado Federal.

O PTC possui 9 candidatos à Assembleia Legislativa da Paraíba 7 para a Câmara dos Deputados. Após reunião, segundo os dirigentes, a executiva estadual ficou dividida. Cinquenta por cento quer o rompimento com a candidatura de Lucélio Cartaxo e a outra metade apoiar Maranhão e Roberto Paulino.

Vitor Alberto disse que a parte insatisfeita do PTC não fica mais com o candidato a governador do Partido Verde. “Nós estamos decididos. Vamos conversar com Roberto Paulino e Zé Maranhão”, afirmou o secretário geral do partido.

Você pode gostar também

0 comentários