Deputado do PSB denuncia pressão e assédio moral para servidores estaduais votarem em Azevedo: “Prática coronelista”

Blog do Helder Moura Foi talvez a denúncia mais grave desse início de campanha. E veio de fonte insuspeita, já que partiu de um deputad...

Blog do Helder Moura
Foi talvez a denúncia mais grave desse início de campanha. E veio de fonte insuspeita, já que partiu de um deputado do PSB. Por isso, causaram tantos abalos as declarações de Ricardo Barbosa, na manhã desta terça, dia 5, na Assembleia, quando denunciou pressão e assédio moral de setores do Governo do Estado junto a servidores para votarem no candidato João Azevedo.
Em pronunciamento, o parlamentar mandou ver: “Eu fui, deputada Daniella Ribeiro, aconselhado por alguns deputados amigos e vou atender a esses apelos. Não declinarei dessa tribuna no dia de hoje a minha mágoa, o meu descontentamento, o meu dessabor com práticas absolutamente reprováveis, coronelistas, discricionárias, inaceitável sob todo e qualquer aspecto.”
E ainda: “Para não ciscar para fora, vou tentar buscar respostas para essas pressões, que são inaceitáveis, descabidas e desprezíveis. Fico confiante que não se avance mais do que se avançou nesse tipo de política, feita por alguns, para que possamos caminhar sem turbulência.”Nem o Governo do Estado, nem a Justiça Eleitoral se manifestaram sobre o assunto, até o momento.
A denúncia foi postada no site paraiba.com.br (https://goo.gl/enuFCH)
***
#Política

Você pode gostar também

0 comentários