A impressionante vitória dos policiais perseguidos pelo governo Ricardo Coutinho

Blog do Helder Moura É imprevisível se haverá uma oposição mais consistente na Assembleia, a partir do próximo ano, com a posse dos nov...

Blog do Helder Moura
É imprevisível se haverá uma oposição mais consistente na Assembleia, a partir do próximo ano, com a posse dos novos deputados estaduais. Mas, é inconteste que, pelo menos dois parlamentares deverão incomodar, talvez nem tanto o governador eleito João Azevedo, mas certamente Ricardo Coutinho. São eles: Walber Virgulino e Cabo Gilberto.
Os dois policiais têm razões pessoais para o enfrentamento. Foram duramente perseguidos por Ricardo Coutinho. Gilberto foi seguidamente processado por ordem de sua excelência, e responde a vários inquéritos policiais. Foi provavelmente o policial mais cercado pelos tentáculos do governador, através do Comando Geral da Polícia Militar.
Virgulino, como se não bastassem todas as humilhações, como ficar na geladeira ou ser deslocado para funções menores quando já fora secretário, ainda correu o risco de nem obter o registro de sua candidatura, diante da resistência do governador em liberar sua licença, conforme previsto em lei. Portanto, há uma sena acumulada entre eles.
E a verdade é que lutando contra o governo do Estado e todos os seus aliados, que conspiraram sempre contra os dois, Walber e Gilberto deram uma resposta altiva nas urnas. Uma lição para os aprendizes a ditador levarem em conta. A vitória dos dois pareceu mostrar também como, tanto os policiais militares, como os civis, decidiram mandar um recado ao ainda governador.
***
#Política

Você pode gostar também

0 comentários