Bolsonaro diz que mensalão feriu a democracia, ao comentar apoio de Barbosa a Haddad

O Globo O candidato à Presidência do PSL, Jair  Bolsonaro  , comentou no Twitter o  apoio do ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (S...

O candidato à Presidência do PSL, Jair Bolsonaro, recebe faixa preta dos lutadores Robson Gracie e Austregesilo de Athayde 25/10/2018 Foto: Leo Martins / Agência O Globo
O Globo

O candidato à Presidência do PSL, Jair Bolsonaro , comentou no Twitter o apoio do ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa a Fernando Haddad (PT) , anunciado neste sábado. O capitão da reserva destacou que Barbosa já disse que "só Bolsonaro não foi comprado pelo PT."

"Em suas redes sociais, Joaquim barbosa divulga voto em Haddad, mas já está na história que ele mesmo disse que só Bolsonaro não foi comprado pelo PT no esquema de corrupção conhecido como Mensalão, que feria gravamente a democracia do nosso país anulando o Poder Legislativo", escreveu Bolsonaro em sua rede social.




Junto com o texto, o candidato do PSL postou um vídeo de Barbosa no julgamento do mensalão, em que cita a compra de votos para a aprovação da Reforma da Previdência e Tributária e diz que "somente o senhor Jair Bolsonaro, do PTB, votou contra a aprovação da referida lei".

"De fato essas reformas receberam o fundamental apoio dos parlamentares comprados pelo Partido dos Trabalhadores e das bancadas por eles orientados ou dirigidas, exatamente, quando foram realizadas os maiores repasses de dinheiro aos parlamentares acusados. Por outro lado, os líderes dos  quatro partidos cujos os principais parlamentares receberam os recursos em espécie do PT orientaram as suas bancadas a aprovar o projeto que foi encaminhado pelo governo. Somente o senhor Jair Bolsonaro, do PTB, votou contra a aprovação da referida lei. Todos os demais votaram no sentido orientado pelo líder do governo e do Partido dos Trabalhadores na Câmara dos deputados".

Então deputado federal, Bolsonaro foi filiado ao PTB entre 2003 e 2005.


***
#Política

Você pode gostar também

0 comentários