Em Guarabira, Paulino 'bate' os candidatos de Ricardo e Zenóbio e chega a quase 15 mil votos

Fato a Fato Candidato ao Senado pelo MDB e enfrentando nomes de grandes estruturas econômicas e eleitorais na Paraíba, o ex-governad...


Fato a Fato

Candidato ao Senado pelo MDB e enfrentando nomes de grandes estruturas econômicas e eleitorais na Paraíba, o ex-governador Roberto Paulino conseguiu 31,09% dos votos válidos, sendo votado por 14.639 eleitores em Guarabira, conforme mapa do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Paulino teve quase o dobro do segundo colocado, o deputado Luiz Couto (PT), que obteve 8.977 sufrágios.

A forte liderança de Roberto Paulino em Guarabira, o fez vencedor até dos candidatos a governador apoiados por Ricardo Coutinho e Zenóbio Toscano. João Azevêdo (PSB), por exemplo, obteve 12.499 votos. Já Lucélio Cartaxo (PV) foi votado apenas por 6.475 eleitores guarabirense. 

Mas, a grande vitória de Paulino foi contra seus adversários diretos. O segundo colocado em Guarabira para o Senado, Luiz Couto, obteve 8.977 votos. O terceiro lugar ficou com Daniella Ribeiro (PP), que foi votada por 8.889 guarabirense. O terceiro foi Cássio Cunha LIma, que teve 7.652 votos. Veneziano (PSB) recebeu apenas 5.895 pessoas.

O candidato ao Senado pelo MDB chegou até a parar a campanha por dois dias por falta de recursos. Paulino foi também prejudicado pela falta de liberação da verba partidária. O seu partido em nível nacional só disponibilizou dinheiro para quem estava disputando a reeleição, o que prejudicou integralmente a campanha nos municípios do interior e na Capital do Estado da Paraíba.

Conforme os dados do TSE, Roberto Paulino sai dessa campanha como o grande vencedor em Guarabira (superando os esquemas políticos do prefeito Zenóbio e do governador Ricardo Coutinho), podendo ser nome forte para a campanha de 2020, caso queira disputar a Prefeitura Municipal ou indicar alguém para a disputa.
***
#Política

Você pode gostar também

0 comentários