Gleisi rebate críticas de Ciro: 'PT não age por mágoa ou traição'

O Globo A presidente do PT, Gleisi Hoffmann  , rebateu críticas ao partido feitas por  Ciro Gomes  (PDT), em entrevista publicada no jorn...

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann Foto: Jorge William / AgÍncia O Globo
O Globo

A presidente do PT,Gleisi Hoffmann , rebateu críticas ao partido feitas por Ciro Gomes (PDT), em entrevista publicada no jornal "Folha de S.Paulo" nesta quarta-feira. O pedetista disse que foi "miseravelmente traído" pelo ex-presidente Lula nas eleições. Gleisi afirmou que o partido age por "estratégia política" e não "por mágoa e traição".

Na entrevista, Ciro faz referência às negociações feitas pelo PT para que o PSB ficasse neutro nas eleições presidencias, evitando que a sigla o apoiasse.

— Você imagina conseguir do PSB neutralidade trocando o governo de Pernambuco e o de Minas? Em nome de que foi feito isso? De qual espírito público, razão nacional, interesse popular? Projeto de poder miúdo. De poder e de ladroeira. O PT elegeu Bolsonaro — disse Ciro à "Folha".

— Fomos miseravelmente traídos. Aí, é traição, traição mesmo. Palavra dada e não cumprida, clandestinidade, acertos espúrios, grana — afirmou Ciro.

Gleisi foi ao Twitter comentar a entrevista de Ciro e pregou união. "Lamento que Ciro Gomes esteja tão irritado com seu resultado eleitoral insatisfatório. Mas entendemos suas dores e somos solidários. O que importa é a unidade contra o fascismo e o ataque aos direitos do povo. Nisso estaremos juntos!", disse.

A presidente do PT também escreveu que seu partido faz "articulação pública aberta e transparente, tem estratégia política e não age por magoa ou traição".

***
#Política

Você pode gostar também

0 comentários