RC faz remanejamentos a dois meses de encerrar mandato e sinaliza desejo de seguir dando as cartas

Blog do Helder Moura Com menos de dois meses de gestão pela frente, o ainda governador Ricardo Coutinho, pelo visto, deseja seguir ma...


Blog do Helder Moura
Com menos de dois meses de gestão pela frente, o ainda governador Ricardo Coutinho, pelo visto, deseja seguir mandando na Paraíba, a partir de janeiro. Pelo menos a julgar pela edição desta terça (dia 23) do Diário Oficial do Estado, que traz uma pequena reforma administrativa, envolvendo Administração Penitenciária, Procuradoria-Geral do Estado, Receita, Educação, Saúde e Educação.É impens
ável imaginar que as pessoas nomeadas não ficarão apenas dois meses no Estado. Então, a pergunta que se faz é: não daria para esperar até janeiro, quando o governador eleito João Azevedo toma posse? Afinal, se é João quem vai administrar a partir de janeiro, é justo imaginar que terá a prerrogativa de nomear as pessoas de sua confiança.
Alguns postos – Ricardo Coutinho mudou, dentre outros, a direção do Complexo Agroindustrial de Mangabeira. Nomeou Karol Wojtyla da Silva Ramos, que antes ocupava o cargo de subgerente de Apoio Administrativo da Secretaria de Estado da Administração Penitenciaria.
Karol irá substituir Breno Cavalcanti Cunha, que foi nomeado para a diretoria adjunta da Penitenciaria de Recuperação Feminina Maria Julia Maranhão.
Já a Penitenciária Regional de Campina Grande Raimundo Asfora. Sergio Rocha Claudino será o novo diretor-adjunto na vaga de Marcondes Franca de Araújo, que será chefe do almoxarifado.
***
#Política

Você pode gostar também

0 comentários