Residência de família guarabirense é demolida para dar acesso a uma rua e criar novo loteamento

Esta semana, a residência da poetisa e radialista guarabirense Marisa Alverga, em pleno centro comercial de Guarabira (PB), foi demolida...


Esta semana, a residência da poetisa e radialista guarabirense Marisa Alverga, em pleno centro comercial de Guarabira (PB), foi demolida para dar acesso a uma rua que até então era sem saída e a um loteamento. Pelo que a editoria do blog tomou conhecimento, estão querendo polemizar com o assunto.

Em grupos de WhatsApp estão dizendo que a Prefeitura de Guarabira indenizou a família Alverga pela iniciativa – iniciativa que é interessante, sobretudo, pela garantia de acesso a outra rua da cidade e a criação de mais um loteamento. Mas o blog foi apurar se realmente houve intervenção do poder público local.

Pelo menos conforme postagem da filha de dona Marisa no Facebook, a obra está sendo custeada pela família, “sem a participação do poder público de quaisquer esferas, isto é, municipal, estadual ou federal”.



Portanto, não houve indenização por parte da PMG. Até que o prefeito Zenóbio Toscano poderia ter indenizado mesmo, em consideração a dona Marisa e pelo benefício da obra para a cidade. 

No post, Márcia Alverga diz ainda que neste empreendimento o nome de sua mãe não será esquecido. E adianta que os lotes já estão à venda.

A residência de dona Marisa, que é uma pessoa bastante conhecida na região e de valor cultural, ficava por trás do Banco do Nordeste, área nobre da cidade de Guarabira. #Sociedade

Você pode gostar também

0 comentários