Bradesco e Banco do Brasil empatam com 25 ataques a agências, cada um

Click PB Depois de assumir a folha de pagamento do Governo do Estado, o Bradesco agora vai administrar também a folha de pessoal do ...


Click PB

Depois de assumir a folha de pagamento do Governo do Estado, o Bradesco agora vai administrar também a folha de pessoal do Ministério Público da Paraíba, após vencer processo de licitação. Mesmo assim a segurança nas agências continua insuficiente. O Bradesco e o Banco do Brasil lideram os ataques a banco este ano, empatados com 25 ocorrências, cada. 

Comparado ao ano passado, houve redução, segundo o Mapa da Violência disponibilizado pelo Sindicato dos Bancários. Durante todo o ano passado o Banco do Brasil sofreu 21 ataques e o Bradesco, 50, sendo 45 explosões a agências. Este ano, o Banco do Brasil já vai em 12 explosões e o Bradesco já soma 18, enquanto o terceiro lugar é da Caixa Econômica, com três casos. 



No quesito arrombamentos, o Banco do Brasil lidera, com 11 casos este ano, contra cinco do Bradesco, ao passo que no Santander e Caixa Econômica houve dois, cada. 

O presidente do Sindicato dos Bancários, Marcelo Alves, disse ao Portal ClickPB que o Bradesco tem colocado dispositivos de tingimento de cédulas, para tentar coibir os roubos, mas analisa que o número de ataques ainda é alto. "Vemos isso com preocupação, é preciso mais investimento por parte dos bancos em prevenção", disse, observando também que é preciso atuação da inteligência da polícia.
***
#Sociedade

Você pode gostar também

0 comentários