Petistas organizam ‘vaquinha’ para ‘Réveillon com Lula’ em Curitiba

Veja.com Um grupo de mulheres se organiza para passar o  Réveillon  em frente à sede da  Polícia Federal , em Curitiba, onde o ex-preside...


Veja.com

Um grupo de mulheres se organiza para passar o Réveillon em frente à sede da Polícia Federal, em Curitiba, onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está preso. A festa está sendo organizada por Bete Silvério, secretária municipal de mulheres do PT de São Paulo. O objetivo seria minimizar a solidão do político. “Lula não pode ficar sozinho naquela masmorra e numa data tão importante”, disse Bete ao site do Partidos dos Trabalhadores.

O método para atrair público será por meio de uma “vaquinha” virtual, pela qual se arrecadaria fundos para a viagem de ônibus de São Paulo até a capital do Paraná. Outros custos serão com os ingredientes para montar uma ceia no local, além de bebidas. A ação “solidária” a Lula tem como objetivo arrecadar 5 000 reais. Até o momento, recebeu 2 700 reais em doação.





Durante a campanha, muitas mulheres se mobilizaram contra o Bolsonaro e vários grupos foram criados. Um dos grupos de mulheres na resistência está organizando uma viagem de Ano Novo para Curitiba, para passar a virada com o presidente Lula. O ônibus e a alimentação serão pagos através de doações. Além do custo com o transporte, o grupo também quer fazer uma doação de alimentos para que seja montada uma ceia no local do alojamento. Por isso, foi criada uma vaquinha. Clique aqui para contribuir: http://vaka.me/c4eno1 O objetivo inicial é fazer um ônibus somente de mulheres. Mas, como é uma data familiar, caso haja interessadas e interessados em participar da viagem, a partir de 30/11 as vagas serão abertas para famílias, amigos, casais, filhos e filhas, qualquer pessoa que queira comemorar a virada do ano com Lula.
A post shared by Sec Nacional de Mulheres do PT (@mulherespt) on


***
#Política

Você pode gostar também

0 comentários